terça-feira, 31 de março de 2009

Precipícios da vida...


não é, de todo, que vos queira assustar nem nada.... (na seta lê-se: "unemployment", quem quiser saber o que é, eu explico!)

O Morcela e as suas anedotas

O melhor de louras até hoje...


Uma loura está no carro com o namorado num namoro desenfreado.

Beijo puxa beijo e às tantas...

- Não queres ir para o banco de trás? (diz ele em visível sofreguidão)
- Para o banco de trás? Não.


Bom, o namoro lá continua, mais beijo, mais festa, mais aperto, mais amasso e...

- Não queres mesmo ir para o banco de trás? (diz ele ainda com mais vontade)
- Não, não quero.


O pobre rapaz já meio desnorteado, lá continua no beija-beija, esfrega-esfrega até que...

- Vá lá! Tens a certeza de que não queres ir para o banco de trás? (já desesperado).
- Mas que coisa! Já te disse que não! Claro que não!
- Então, mas porquê? (já desesperadíssimo)
- Porque prefiro ficar aqui ao pé de ti!


P.S.: Brincadeirinha Lisete.... Não brigues comigo!!! hihi :P

Parabéns

Pessoal desde mais os meus sinceros parabéns pois vi a vossa actuação no ciclone e simplesmente adorei mostraram que são capazes de dar continuidade ao bom sucesso que a tuna tem vindo a fazer, agora é sempre para a frente que é caminho lololol. Bem já estou a escrever de mais, já parece a ser um testamento igual aos antigos publicados lol (estou a brincar). Já não vinha ao blog hà muito tempo, só para ler as novidades foi quase uma hora. Pipoca minha grande Pop corn e minha substituta li o comentário do anónimo, opá vê se abres os olhos ou os ouvidos pois tem celine dion na tuna e está escondida, eu n dei por ela vê se não cometes o mesmo erro do que eu, deixa lá cantar o anónimo ou anónima ou (cobarde)como preferires chamar. lol Estas merdas dá é para rir lolol enfim… bem sem mais assunto força SONS DO MAR foi um orgulho pertencer a esta grande tuna como foi tambem um orgulho pertencer a minha tuna do coração a quem muito devo e muito aprendi, como todos sabem a T.U.S.A., desculpa os sermões que dei ao pessoal e tanto dei nas cabeças (pipoca agora vais perceber boa sorte lolol). Bem agora vou mesmo parar de escrever lol força e continuem assim abraço e beijos Celso Mendonça adessss e prontsssss.

quarta-feira, 25 de março de 2009

Mais um rescaldo do Ciclone

Malta, esta é uma transcrisão de um post meu colocado no blog da TUSA. Coloco-o aqui principalmente porque a actuação da Sons do Mar foi o Trampolim ideal para uma representação (e consequente ajuda preciosa) da Lisete num dos skéts do Ciclone! Temos artista!

"Antes de mais, caros TUSOS, muito parabéns pelo Festival! Este V Ciclone correu sem mácula, é assim que o caracterizo.

Os Sécs Voccal - esse grupo de energúmenos que teima em aparecer à sociedade angrense na mesma altura em que o Ciclone costuma atingir a Cidade Património Mundial - viu-se este ano desfalcado de um membro. Um membro pequeno, todavia assaz viril! Mas essa ausência física não evitou que houvessem estragos colaterais infligidos ao Teatro Angrense e seu público durante o Ciclone, aliás como é apanágio dos Sécs Voccal.

Relativamente às actuações de ambos os dias (cujos intervalos foram brilhantemente preenchidos e animados por cerca de nove tunas), há que deixar um sentido agradecimento ao público do Teatro Angrense, sempre pronto a aplaudir e acima de tudo a rir! Com um público assim, o nervosismo que possa existir antes de um Skétch nunca passa do camarim para o palco!

Finalmente, um agradecimento muito especial àqueles que nem pestanejaram quando lhes foi pedida ajuda em determinados skétchs:
- os caloiros da TUSA, na montagem dos cenários e a desviar o pano (embora não tivessem outra alternativa);
- a Lisete, no skétch "Morcela, o Ventríloquo e a Loira", pela sua extraordinária representação, conseguindo baralhar completamente o público e até amigos mais chegados (para quem ainda tenha dúvidas, a Lisete estava a brincar);
- e, finalmente, o Rocky (perdão, o Jacinto) pela sua fantástica dedicação ao longo dos dois dias de Festival e pela sua representação no skétch "Waterboy"!
Frases como:
"Quero dar de mamá aos pequenos... ÁGUA? NÃO TEM!!!"
ou
"Vocês pró ano querem meter água no Ciclone... ÁGUA? NÃO TEM!!!"
Vão ficar para sempre na nossa memória, a par da "indignação" da Lisete!


Um bem haja a Todos!"

Os Melhores Sorrisos

Vocês ainda não sabem, mas a maquina fotografica da Helena faz milagres!
Ah, pois é!
Esta máquina tem o dom de colocar sorrisos nas pessoas!
Alguns sorrisos até ficam melhores do que os sorrisos orginais!
Podem comprovar na imagem acima...são umas carinhasn larocas, lindas de morrer!

bj*

terça-feira, 24 de março de 2009

Orgulhoso

Muitos parabens
Foi um festival de muito mérito, com uma organização muito bem elaborada, e pelo pouco que acompanhei, deu bem para ver o grande esforço que é toda a sua realização .
Ao Stony e à Tuna, agradeço a oportunidade de estar de perto deste festival, pois ás vezes a gente pensa que isto vai ficando cada vez mais longe, mas afinal ainda esta bem perto, obrigado!
A primeira vez que a Cartola foi à Terceira, julgo ter sido na semana academica de 1997, olhava-mos para uma tuna deste gabarito, ate com um certo receio que nos ouvissem, mas hoje, é com muito orgulho que vejo que a TUSA olha qualquer tuna de frente, e espero que assim continue, mesmo que as coisas se alterem muito.
Quando se pensou em fazer uma tuna masculina, muitas foram as vezes que aquilo parecia que não ia passar de uma vontade. Mas ta á vista que não, e hoje, o que voces construiram, foi uma tuna que esta na primeira divisão do panorama academico, e que so o mar, é que faz com isto não se realize.
Caso contrario, havia mais prateleiras para premios, e gajas satisfeitas por esta universidades fora.
Achei de um enorme bom gosto o premio ao Mox, ainda o estou a ver, ranhoso, cabelo á Marco Paulo, caladinho nos ensaios. Sem duvida alguem que marcou muito a TUSA e quem por la passou. E todos os velhinhos que tiveram que a deixar, de uma forma ou outra estão sempre atentos ao que se vai passando, embora se manifestem pouco.
O instrumental foi de uma mestria excepcional, desde a afinação, ritmo, enfim tudo. Parabens pelo solista, grande voz, não o conheci, mas tens muito futuro, mas não te percas em idolos e operações triunfo e outras coisas do género. Tou a brincar.
As pandeiretas tão a um nivel muito bom, muito trabalho, ta visto. Até o Duarte, ta preparado para entrar na classe de pesos pesados. Bem e estandarte....... não tenho sequer capacidade de opinar. Stony, és um espectaculo. Acredita que não ha muitos estandartes por esse país com este nivel. Vê lá é se ensinas esses pequenos, que um dia vais embora e ficam sem mestre.
Mais uma vez a apresentação foi muito boa, ao Luis, Mox e Espirra, parabens são uns jograis bem arrematados, a reacção do publico mostrou bem o vosso trabalho. So faltou o ervilha, mas sabemos como é, as mulheres quando teimam................aquilo tem de ser, se não um home se consome todo o dia, e fica sem razão.

Bem, a voces todos, continuem, e decerto que estão todos ainda mais orgulhosos do que eu pelo vosso trabalho, foi excelente.

ISSO É QUE É D' HOMEM!!!!!!!!!!!!!!!!!

TI Renato

Grande TUNA

Estremeci

Passados alguns anos, foi muito bom ver e ouvir a tuna que em 1995 me acolheu. São tudo caras desconhecidas para mim (mas lindas, huiii), mas ao ver o capote vestido, e ouvir o Farol de Montedor, fez-me sentir que estava no lugar errado. Não devia estar na plateia , encaixava-me melhor estar ali ao lado de voces, embora fosse uma "voz sim prestá", mas recordando muita coisa.
Gostei muito da vossa actuação, e mais ainda, da capacidade de se adaptar ás situações, o que não é facil. Ha uns aninhos atrás, era impensavel uma actuação so com as mulheres, mas mostraram que isso é possivel, e com grande qualidade. Desde a divisão dos elementos e instrumentos em palco, vi muita segurança, e isso é muito bom. Houve em tempos uma mulher que marcou a tuna a Manuela Quadros de S. Jorge, que tocava bandolim que era um espectaculo, e nem sabia um acorde ou qual o tom da corda, a gente tocava e ela seguia, mas vi que hoje a tuna esta de parabens, tocaram muito bem, com um ou outro receio, mas com muita vontade.
E será esta vontade que espero que esteja sempre presente, pois foi ela que fez com a TASMUA continua-se e evolui-se a um nivel, que decerto, esta seja a sua época de ouro, parabens pelo mérito. Houve alturas que vi a tuna a acabar, e logo de seguida ela estava pronta a aparecer em qualquer lado, e nada que se resolve-se num jantar do MOKA, funcionava melhor que um ensaio. Não deixem morrer o espirito academico, so teem esta oportunidade, depois ja nao serve, tipo roupinha da primeira comunhão. Façam muitas serenatas, abusem de jantares e outras coisas que levem bebida; viagem, nem que seja pra fajã do Pataco, para que um dia possam se sentir orgulhosos de uma tuna que sempre soube enfrentar um palco, e que nunca deixou um tunante a esquecer.
Um abraço de um outro antigo tunante, Pedro Borba.

Bem Hajam!
Renato Cordeiro

segunda-feira, 23 de março de 2009

Actuação V Ciclone

Aqui está a "Boémia" que cantamos no V Ciclone!

So tenho a agradecer ás pessoas que filmaram a actuação!

video

domingo, 22 de março de 2009

V Ciclone

Primeiro que tudo quero dar os parabéns a todas aquelas que actuaram no passado Sábado no Teatro Angrense. Foram duas músicas, excelentes. Dois acordeões fizeram um, os bandolins completaram-se, os violões certinhos, as vozes afinadinhas. Muito bom mesmo. Passados 10 anos voltei a ver a Sons do Mar de fora, foi estranho, quando vos vi de capote e o pano a abrir senti um arrepio... tipo, não estou ali. Um dia teria que ser e sinceramente nunca liguei muito a quem me dizia, Pataco...o teu tempo já era, sempre acarinhei quem de novo chegou e sempre me senti muito feliz com as diversas gerações que tive o privilégio de conviver
Ouvi com atenção as palavras do nosso Kirido Mox, quando se referiu às tunas enquanto instituições que proporcionam uma evolução pessoal a quem por elas passa. A heterogeneidade de uma tuna é fruto duma panóplia de diferentes personalidades dos elementos que a compõem, é algo transversal ao próprio grupo e tanto o enriquece, todos aprendem com todos e um dia quando partem, saem certamente com uma melhor formação, não só musical mas acima de tudo pessoal que podem então juntar á sua formação académica e que estou certo que directa ou indirectamente, será uma mais valia na vida futura de cada um. Integrar uma uma tuna, dedicar-se e empenhar-se é uma lição de vida e companheirismo inegualável e uma marco na vida de qualquer estudante.
Mas agora quero falar do Ciclone.
Quero dar os parabéns à TUSA por mais um Ciclone, arrisco-me a dizer que provavelmente terá sido o festival de tunas da Ilha Terceira que apresentou melhor cartel, sem desmérito nenhum a outras edições do Ciclone e do Olé Tunas. De facto vieram excelentes tunas, todas muito equilibradas. Gostei imenso de ver a tuna de veteranos da Corunha, os aplausos no fim da actuação comoveram-me, nunca vi tantos aplausos a uma tuna no teatro Angrense, é de louvar, ser tuno realmente é algo intemporal. A Tuna de Múrcia também não defraudou, poucos como sempre em viagens para as ilhas, mas sempre com excelentes performances. A Tasca contagiou com a sua alegria, a inoportuna apresentou um excelente solista, Os Sempre Tesus tiveram uma actuação de grande nível, embora para quem os conhece bem, não apresentaram muito de novo, demasiados temas não originais para um festival, no entanto em nada macula a sua performance em palco que foi sem dúvida nenhuma brilhante, com pandeiretas incríveis. A Cartola é aquela tuna que a meu ver, ou se adora ou se detesta, é provavelmente a melhor tuna portuguesa em termos de originalidade vs qualidade que se distancia bastante da linha mais tradicional das tunas mais conhecidas do nosso país. Apresentou um espectáculo muito semelhante aquele que levou em Dezembro a Braga ao XV Celta e que lhe valeu o prémio para 3ª melhor tuna, num festival que contou como é costume com os peso pesados das tunas portuguesas. Esteve muito bem a meu ver, gostei bastante da sua actuação, traz-nos sempre algo diferente. Os Tunídeos, foram excelentes, já há alguns anos que não os via ao vivo, fizeram um espectáculo de grande nível.
Finalmente, a TUSA. Foram brilhantes, gerou-se algum murmúrio em volta da sua prolongada ausência, de vários quadrantes, mas reapareceram em grande estilo , os fundadores podem-se orgulhar que o seu trabalho teve continuidade. Gostei dos temas novos no qual também incluo a serenata do Mox, embora já a tenha ouvido ainda é nova para mim. Fiquei surpreendido com os miúdos novos que entraram sobretudo os pandeiretas, tiveram muito bem e com grande margem de progressão. Ao meu amigo Sombra, ainda por cima toca o mesmo instrumento que eu, deliciei-me a ouvir o instrumental, aliás eu acho que não consegui ouvir o instrumental tal foi a forma como fixei os meus olhos no bandolim e só conseguia ouvir as notas tocadas quase á velocidade da luz, fez-me lembrar outros tempos. Uma palavra final para o Stony, não sei se foi do choque tecnológico do Estrela, mas foi uma saída em grande, tanta coisa diferente sempre ao mais alto nível numa noite, deslumbrou certamente quem presenciou o espectáculo.
Finalmente, os Séx-vocál, essas criaturas que fazem dar gaitadaria (como diria o velho Mestre e Sábio Mox). É pá, desmancho-me a rir sempre, todos tiveram bem, mas o Estrela a fazer de Sócrates...ê ri, ri, e ri... No entanto esperava mais dele, sempre a desviar-se do óbvio, o caso Freeport, tentou como sempre ludibriar a assistência com o choque tecnológico, mas o Teatro Angrense e o País esperavam outra atitude. Perdeu-se uma oportunidade para esclarecer essa questão de uma vez por todas. A participação do Rocky e da Lisete com estas figuras foi deveras curiosa, a da Lisete foi de tal forma convincente que tirando o Prof. Alfredo Borba que lhe deu a sua cadeira para ela se sentar e mais duas ou 3 pessoas da plateia que já sabiam, toda a gente acreditou naquela peixeirada.
No Havana, a festa foi boa como seria de esperar, electrizante, embriagante e até mesmo erótica (para não usar outra palavra). Enfim, houve de tudo e quando digo de tudo…ouve mesmo muita coisa. Sinceramente nunca fiz parte da organização dum festival, tenho noção pelas coisas que me contam e daquilo que vejo. Dá muito trabalho a quem quer realmente trabalhar, por isso não é por acaso que apenas existam dois festivais na ilha. Deste modo finalizo o meu pequeno post, felicitando mais uma vez a malta da TUSA pela excelente organização. Por fim, o público que foi fantástico e aderiu bastante ao evento, passado tão pouco tempo do Olé Tunas, o Teatro voltou a encher-se. Por isso não percebo quando há gente que diz: “está tudo farto de tunas” e num espaço de 2 meses, 2 encontros de tunas e 2 festivais, quase sempre com casa cheia numa ilha tão pequena.
Um abraço.

O Anónimo dá a cara!

Caros amigos e amigas. O famoso anónimo do Blog da Tuna Académica Sons do Mar, deu a cara. Vejam a entrevista flamejante desta criatura.
Liguem o som e preparem-se para ouvirem aquilo que está de mal nesta tuna.


segunda-feira, 9 de março de 2009

Apanhados TASMUA


NÃO SÃO SÓ OS APANHADOS DA SIC QUE BOMBAM.
AQUI NO BLOG, VOÇÊ, ESPECTADOR QUE NOS ACOMPANHA, TAMBÉM PODERÁ ASSISTIR AOS “DERRAMES” DOS TUNOS DA SONS DO MAR.

ORA AQUI FICA UM EXCERTO DOS PERIODOS PÓS-ACTUAÇÕES:

video





E HÁ MAIS..
NÃO SAIA DO SEU LUGAR ;)

sexta-feira, 6 de março de 2009

Os videos do OLÉ TUNAS

Aqui esão os videos tão xperados da nossa xcelente actuação no VII OLÉ TUNAS









quinta-feira, 5 de março de 2009

Orgulho de ser um TASMUAnte!

Aqui estão os premios ganhos no Ole Tunas!

Aproveito para deixar o meu grande agradecimento aos velhinhos pela disponibilidade e paciência que demonstraram, a todos eles um grande OBRIGADO! serão sempre lembrados!

Quanto à tuna em si...enfim, não tenho palavras para descrever o quanto gosto desta tuna e das pessoas que a constituem!
É um grande orgulho ser presidente de uma tuna que tem o verdadeiro espirito tunante, mesmo quando a maioria esta prestes a cometer algum erro ha sempre um membro que nos chama à razao e nos faz caminhar pelo bom caminho e nos lembra que pertencemos à SONS DO MAR!
É assim que funciona um grupo de amigos, discutimos uns com os outros mas no fim vamos todos juntos beber uns canecos!
Podia escrever um testamento (como o pataco costuma fazer!), mas acho que nao vale a pena, porque cada membro da TASMUA sabe aquilo que significa pertencer à tuna mais velha dos Açores, são coisas que não se explicam, sentem-se!

E para quem está quase a ir embora (eu, e não só!), não quero que se lembrem daqueles ensaios que por vezes são uma seca, ou daquelas situações mais tristes, quero que se lembrem do espirito que temos quando estamos todos juntos, das lagrimas e das gargalhadas que demos, daquilo que conquistamos com muito esforço e trabalho, enfim....do que é a verdadeira Sons do Mar!

(acho que hoje estou um pouco sentimentalista! há dias assim!)

Agora sim vou terminar deixando um grande obrigado a todos os membros da TASMUA por fazerem dela uma das melhores tunas que existe!

Beijos e ate ao proximo ensaio!*

quarta-feira, 4 de março de 2009

Vencedores do Olé Tunas



Parabens tunas e xpero ter mais momentos como estes lool
bkx

domingo, 1 de março de 2009

PassaCalles 2009 - VII Olé Tunas

Melhor passacalles ah pois é, melhor original e Melhor Tuna :)

Abaixo video do passacalles